Gato escondido com rabo de fora

In Rainbows

Posted by Carlos Vaz em Outubro 17, 2007

Desde a semana passada, é possível obter através da Internet o novo álbum dos Radiohead.

Nada de extraordinário, uma vez que o download de conteúdos multimédia é algo de banal. No entanto, este álbum dos Radiohead é lançado na rede alguns meses antes do seu lançamento oficial, e tal é feito de forma ilegal: é a própria banda, numa estratégia de marketing, que o disponibiliza para download.

E quanto temos de pagar por isso? Nada, se assim o desejarmos. Após o processo de registo, somos confrontados com a opção de escolhermos o valor a pagar pelo trabalho. E podemos não pagar nada…

Poderá parecer estranho, quando a indústria da música se insurge constantemente contra o download (ilegal/”gratuito”) através da Internet. Poderá não parecer tão estranho quando nos recordamos de campanhas semelhantes, como a de Prince, que ofereceu o seu último álbum juntamente com um jornal britânico. Como consequência, conseguiu agendar 21 concertos seguidos (!!!) em Londres. Ou os The Smashing Pumpkins, com Machina II/The Friends & Enemies of Modern Music, de 2000, disponibilizado pela banda gratuitamente na Internet.

Para ir até ao sítio de In rainbows, clicar na imagem.

Posted in Lazer, Música | Leave a Comment »

Da janela do meu quarto…

Posted by Carlos Vaz em Outubro 17, 2007

Le Chat

Viens, mon beau chat, sur mon coeur amoureux;
Retiens les griffes de ta patte,
Et laisse-moi plonger dans tes beaux yeux,
Mêlés de métal et d’agate.

Lorsque mes doigts caressent à loisir
Ta tête et ton dos élastique,
Et que ma main s’enivre du plaisir
De palper ton corps électrique,

Je vois ma femme en esprit. Son regard,
Comme le tien, aimable bête
Profond et froid, coupe et fend comme un dard,

Et, des pieds jusques à la tête,
Un air subtil, un dangereux parfum
Nagent autour de son corps brun.

Charles Baudelaire

O Gato

Lindo gato, vem cá, vem ao meu colo;
Encolhe as unhas dessa pata,
E deixa que eu mergulhe nos teus olhos,
Um misto de metal e ágata.

Quando os meus dedos, à vontade, afagam
O dorso elástico, a cabeça,
E a mão se me inebria de prazer
No corpo eléctrico, a apalpá-lo,

Vejo a minha mulher. O seu olhar,
Tal como o teu, querido animal,
Frio e profundo, fende-nos qual dardo,

E da cabeça até aos pés
Um ar subtil, um perfume perigoso
Nadam em torno do seu corpo.

Charles Baudelaire
In “Assinar a Pele (antologia de poesia contemporânea sobre gatos)
Ed. Assírio Alvim

Posted in Lazer, poesia | Leave a Comment »

Plano Tecnológico da Educação – I

Posted by Carlos Vaz em Setembro 19, 2007

Resolução do Conselho de Ministros n.º 137/2007, D.R. n.º 180, Série I de 2007-09-18
Presidência do Conselho de Ministros
Aprova o Plano Tecnológico da Educação

Objectivos europeus e nacionais para a modernização na educação (fonte)

O  Plano Tecnológico da Educação foi regulamentado. É um documento extenso, com bastante informação geral acerca dos eixos de desenvolvimento do plano. Sendo optimista, gostaria que todos os objectivos e projectos enunciados fossem levados avante. No entanto, a prática leva-me a crer que muitas das intenções anunciadas ficarão aquém das expectativas que se poderão criar com a leitura deste documento.

Em próximas entradas, colocar-se-ão imagens dos quadros que acompanham o documento.

No quadro apresentado, vislumbram-se já eixos fundamentais do plano: tecnologia, conteúdos e formação.

Posted in Educação, Tecnologia Educativa | Leave a Comment »

Respostas inteligentes

Posted by Carlos Vaz em Setembro 19, 2007

Divisão:

Professor: – O que devo fazer para repartir 11 batatas por 7 pessoas?
Aluno: – Puré de batata, senhor professor!

Verbos:

Professor: – Se és tu a cantar, dizes: “eu canto”. Se for o teu irmão que canta, como é que dizes?
Aluno: – Cala a boca, Alberto.

Castigos:

– “Stora”, alguém pode ser castigado por uma coisa que não fez?
– Não.
– Fixe. É que eu não fiz os trabalhos de casa.

Verbos:

Professor: – Joaquim, diga o presente do indicativo do verbo caminhar.
Aluno: – Eu caminho… ah… …tu caminhas… ah…ele caminha…
Professor: – Mais depressa!
Aluno: – Nós corremos, vós correis, eles correm!

Professor: – Chovia que tempo é?
Aluno: – É tempo muito mau, senhor professor.

Professor: – De onde vem a electricidade?
Aluno: – Do Jardim Zoológico!
Professor: – Do Jardim Zoológico?
Aluno: – Pois! O meu pai, quando falta a luz em casa, diz sempre: “Aqueles camelos…”.

Ciências:

Professor: – Quantos corações temos nós?
Aluno: – Dois, senhor professor.
Professor: – Dois!?
Aluno: – Sim, o meu e o seu!

Dois alunos chegam tarde à escola e justificam-se:

1º Aluno: – Acordei tarde, senhor professor! Sonhei que fui à Polinésia e demorou muito a viagem.
Professor: – Então e tu!
2º Aluno: -E eu fui esperá-lo ao aeroporto!

Professor: – Pode dizer-me o nome de cinco coisas que contenham leite?
Aluno: – Sim, senhor professor: Um queijo e quatro vacas.

Um aluno de Direito a fazer um exame oral:

Professor: – O que é uma fraude?
Aluno: – É o que o sr. professor está a fazer.
Professor: – (O professor muito indignado) Ora essa, explique-se…
Aluno: – Segundo o Código Penal comete fraude todo aquele que se aproveita da ignorância do outro para o prejudicar!!

Posted in Humor | 2 Comments »

Flores

Posted by Carlos Vaz em Setembro 10, 2007

Uma pequena volta no jardim fazendo experiências fotográficas.

Posted in Educação | Leave a Comment »

Em busca do melhor plano

Posted by Carlos Vaz em Setembro 10, 2007

 Fonte

 

Fonte

 

 Fonte

 

Fonte

 

 

 Fonte

Posted in Fotografia, Humor | Leave a Comment »

I Can See Clearly Now – Holly Cole Trio

Posted by Carlos Vaz em Agosto 27, 2007

Uma música que invade a minha mente de vez em quando, tendo ficado cá alojada desde a minha adolescência muito por culpa de um anúncio televisivo a uma marca de café, se a memória me não engana. Aí, era interpretada pelo seu autor, Johnny Nash. Existem diversas versões deste tema, das quais se pode destacar a do jamaicano Jimmy Cliff, uma das mais conhecidas.

No gosto, também me fica a versão de Holly Cole Trio.

Posted in Educação | 1 Comment »

Corte de cabelo

Posted by Carlos Vaz em Agosto 21, 2007

É hoje!!!

De hoje não passa. Já quase me sinto um hippie.

Nada melhor do que ouvir pela manhã um som 3D do Virtual Barbershop, para servir de incentivo. Dica colhida aqui. Recomendável seguir as instruções, principalmente não esquecer o uso de fones.

Posted in Humor, o_que_vem_à_rede | 1 Comment »

Rafinha 2.0

Posted by Carlos Vaz em Agosto 20, 2007

Um vídeo interessante que nos mostra como o mundo e as perspectivas vivenciais face a posturas tecnológicas estão a mudar.

Apresenta-se o Rafinha, um adolescente da geração 2.0, que, se caracteriza como a geração C: C de Conteúdo; C de Colaboração; C de Conectado.

Também um excelente vídeo para perceber melhor o conceito de Web 2.0 e concluir que, conscientemente ou não, já fazemos parte desta geração 2.0.

Na tabela publicada na businessweek de 11 de Junho de 2007, confirma-se a propensão participativa na Web 2.0 desta geração. A ver Chart: Who Participates And What People Are Doing Online. As faixas etárias 12-17, 18-21 e 22-26 destacam-se pela utilização de ferramentas colaborativas características da Web 2.0, enquanto que faixas etárias mais avançadas (mais notório a partir dos 50 anos) têm uma atitude mais passiva.

Posted in Internet, o_que_vem_à_rede, web_2.0 | Leave a Comment »

Educação 2.0

Posted by Carlos Vaz em Agosto 16, 2007

Para ir lendo, ao longo destes dias…

Uma série de artigos que abordam as implicações da Web 2.0 na educação.

Education 2.0: Top Online Learning Resources

Monday: Student Gear Guide

Today: File Sharing 101

Wednesday: Best Social Networks

Thursday: Future Careers

Friday: Online Education

Posted in Educação, o_que_vem_à_rede, web_2.0 | 2 Comments »